LIMPEZA DE PELE

 

 

A LIMPEZA DE PELE é indicada para todos os tipos de pele. Desobstrui os poros, retirando as células mortas, os depósitos de sebo, comedões (cravos) e resíduos de poluição, oxigenando a pele. Favorece o equilíbrio da pele e prepara para outros tratamentos faciais.

 

O tratamento contribui para retirar células mortas, desobstruir os poros e prevenir o aparecimento de cravos e espinhas. Durante a limpeza são extraídos: Acnes, cravos, grãos de milium e cistos sebáceos.

 

Benefícios:

 

* Promove a limpeza profunda da pele

* Remove as células mortas da face

* Proporciona uma aparência limpa e saudável

* Previne o envelhecimento precoce

* Ajuda na absorção de cosméticos de uso diário

 

 

De quanto em quanto tempo deve ser feita:

*Pele Acneica – a cada 20 dias

*Pele Oleosa – 1 vez por mês

*Pele Mista – a cada 40 dias

*Pele seca – a cada 2 meses

*Pele Normal – a cada 6 meses

 

 

HIDRATAÇÃO / NUTRIÇÃO FACIAL

 

A hidratação facial é indicada a todos os tipos de pele para reposição da umidade. Elimina tensões, suaviza rugas e previne o envelhecimento precoce.

 

 

GOMAGEM

Técnica à base de produtos esfoliantes que promovem uma limpeza profunda através da retirada de resíduos e células mortas da pele, possibilitando uma textura mais uniforme e preparando a pele para receber qualquer tratamento estético.

 

 

LIMPEZA DE PELE É TRATAMENTO BÁSICO CONTRA ACNE

 

Para conquistar uma pele radiante, a limpeza é fundamental. Livre de impurezas, ela respira melhor, fica sem acne e até sem rugas precoces. A higienização diária é um bom começo, assim como uma esfoliação semanal para estimular a renovação celular. A dúvida é sobre a limpeza de pele profunda, daquelas que extraem cravos e espinhas.

 

“A limpeza de pele, além de limpar, claro, serve também para deixar a pele mais bonita. O método consiste na extração de comedões (cravos), pústulas (espinhas) e míliuns (pontos brancos), que se formam devido à secreção normal da pele (sebo) somada às impurezas do meio ambiente, como a poluição”, diz o dermatologista Marcelo Bellini.

 

Segundo ele, não existe uma idade pré-definida, mas sim o momento em que a necessidade deixa claro que a pele precisa. “A limpeza de pele deve ser feita a partir do momento que surgirem os primeiros cravos ou espinhas, normalmente no início da puberdade”, diz o dermatologista.

 

Apesar da pele oleosa ser a que mais precisa deste tipo de cuidado, as secas, desidratadas ou mistas também devem ser limpas profundamente -  o que muda é o tempo. Enquanto uma pele oleosa chega a pedir uma limpeza a cada 20 ou 30 dias, os outros tipos de pele ganham maior intervalo entre as sessões.

 

Se você já decidiu que vai fazer uma limpeza de pele, é bom saber quais cuidados deve adotar na hora de procurar um centro de estética. O primeiro passo é buscar um profissional especializado. Também vale dar atenção aos cosméticos que vão ser usados durante o procedimento e verificar se equipamentos e materiais estão em bom estado.

 

“O primeiro passo da limpeza é uma higienização total do rosto, limpando a pele com um sabonete específico para pele oleosa, seca ou mista, seguida por uma esfoliação. Com a pele limpa, é aplicado um tônico, que serve para equilibrar e depois produtos emolientes, que auxiliam na extração dos cravos. Em seguida, o rosto recebe uma vaporização de ozônio durante 15 ou 20 minutos, para dilatar os poros, facilitando a remoção das impurezas, que é feita manualmente. A extração deve ser delicada, para não marcar a pele”.

 

Para fechar os poros, a pele passa por uma cauterização com um aparelho de alta freqüência, que também é bactericida. Durante 20 minutos, a pessoa fica com uma máscara, que é removida com água. O processo é finalizado com uma massagem e a aplicação de um filtro solar”, diz o dermatologista.

 

E sobre cutucar a pele em casa, um alerta da dermatologista Ellen Sauer Montenegro , Clinica Médica Dr. Wagner Montenegro: “o risco mais óbvio e comum é a extração parcial das lesões. Se um adolescente resolve fazer a extração na frente do espelho porque não ‘agüenta’ ver aqueles pontos indesejados no rosto, ele pode apertar demais e acabar ferindo a pele. Ou, se a lesão dói, ele pára a extração no meio e ela acaba inflamando e se tornando uma pústula (pus). Ou seja, fica pior do que estava!”

 

 

Dicas da esteticista Cristiana Arcangeli:

 

■ A limpeza de pele só pode ser feita por especialistas. Do contrário, você corre o risco de ganhar cicatrizes e infecções, heranças de cravos e espinhas mal tirados.

 

■ Escolha com cuidado o centro de estética. O local deve ser impecavelmente limpo. Exija material descartável.

 

■ A esteticista deve avaliar o seu tipo de pele, antes de sair aplicando produtos indiscriminadamente no seu rosto.

 

■ A seqüência básica é: limpar, aplicar uma máscara esfoliante, extrair cravos, massagear o rosto, hidratar ou nutrir.

 

■ Não deixe que cutuquem sua pele com objetos pontiagudos ou que machuquem. Nada de sair com irritações e marcas profundas, que comprometem sua aparência por dias. As marcas e um pouco de vermelhidão não devem ir além do efeito esperado em qualquer procedimento de esfoliação.

 

■ Se você tem a pele muito seca ou castigada, experimente fazer uma ionização. A base desse tratamento é a estimulação elétrica, promovida por um aparelho de corrente galvânica de baixa intensidade, que induz a uma penetração mais profunda de princípios ativos super-hidratantes, como uréia, Fator de Proteção Natural (NMF) e PCA-Na.